logotipo micro logotipo m?dio logotipo max Dúvidas? Contacte-nos: logos@logoslogotipos.com.pt/912 138 283

Importância da cor no design gráfico

by João Alexandre on May 18, 2012

in Teoria geral

A importância da cor no design gráfico


A cor é o elemento que traz uma dimensão acrescida, a uma comunicação visual. Reflecte o mundo quotidiano e a experiência humana, dando ao designer uma linguagem comum poderosa com que exprimir disposição, emoção e significado.

O designer possui uma paleta de cores quase ilimitada com que trabalhar e evocar repostas específicas no observador. A cor pode ser utilizada como um apelo, entretenimento, destaque, inspiração ou como marca identificadora.

A cor é dependente e nunca funciona isoladamente, o observador reage à cor dentro de um contexto e em associações com outras cores e elementos gráficos. As condições ambientais e de iluminação afectam a forma como a cor é entendida, algo a ter em consideração ao escolher as cores para embalagem, sinalética e exposições.

A cor pode ser utilizada como um meio de identificação e codificação, como por exemplo num gráfico circular ou de colunas, em que um número diferente de elementos com a mesma importância necessitam de ser identificados. Nestas situações, deve se ter cuidado em misturar as cores (matiz) de tons semelhantes (luminosidade) e intensidade (saturação) para evitar dar um destaque errado a um qualquer elemento. Em situações em que é necessário criar níveis de importância relativa, uma alteração na intensidade da cor ou na luminosidade ou em ambas, a cor pode ser utilizada como um instrumento hierárquico.

Combinar cores complementares (opostas na roda das cores) irá transmitir uma vibração natural se for necessário transmitir noção de energia. Para utilizar emotivamente a cor, é fundamental compreender o tema do projecto de design e do público a quem se destina, de forma a que a cor possa ser adequadamente relacionada. As cores dividem-se em quentes ou frias, suaves ou fortes, claras ou escuras, passivas ou activas, sendo que todas estas características podem ser utilizadas individualmente ou em associação umas com as outras.

A associação de cores forma uma parte importante da linguagem da cor em todas as áreas do design gráfico. Isto pode ser visto na forma como os verdes são utilizados para frescura, os azuis e os brancos para higiene, o vermelho para o perigo e o roxo para riqueza. Existem muitos exemplos de combinações de cor que estão associadas com política, nacionalidade, desporto, religião ou convenções culturais e religiosas. É fundamental o designer estar consciente de todas elas, de maneira a evitar criar mensagens confusas, por exemplo, o vermelho e o verde são reconhecidos por todo o mundo como transmissão de parar e avançar.

Não existe um conjunto de regras para determinar combinações harmoniosas de cores, pois estas alteram-se de acordo com diferentes ambientes, modas e culturas. Também podem ser criadas desarmonias como uma forma de chocar ou provocar, o que pode ser uma forma perfeitamente legítima de transmitir uma mensagem.

Posts relacionados:

  1. Formas primárias no design gráfico
  2. A importância da Cor na Marca

Leave a Comment

Previous post:

Next post:

(additional scripts)