logotipo micro logotipo m?dio logotipo max Dúvidas? Contacte-nos: logos@logoslogotipos.com.pt/912 138 283

A escolha do papel – parte I

by João Alexandre on October 13, 2011

in Ferramentas e recursos

O papel

E como é preciso saber escolhê-lo bem

Isto vai ser um post dividido em duas partes sobre o impacto que o papel como suporte pode ter na escolha que fazemos dele.

A escolha do papel é a base para um trabalho de impressão de sucesso. Deve-se analisar cuidadosamente qual o objectivo do item final e seleccionar um material que não só transmita a mensagem correcta mas que se adeqúe ao orçamento de impressão.

Existe uma enorme escolha de papéis e cartões industriais, manuais e reciclados. Para determinados trabalhos, o tipo de papel escolhido será escolhido consoante o método de impressão utilizado. As máquinas de impressão offset implicam papéis com uma boa força de superfície e estabilidade dimensional, de preferência com baixo conteúdo de água. O acabamento é um factor de menos importância, pois a tinta offset irá aderir a superfícies de cobertura brilhante ou mate. Para a rotogravura o papel já deve ser suave mas suficientemente absorvente para receber a tinta.

O papel deve estar de acordo com as indicações para o trabalho e o acabamento deve ser apropriado ao conteúdo. Se se pretender uma reprodução de cores de meios-tons de boa qualidade, deve-se usar um papel com cobertura, se bem que alguns papéis finos sem cobertura possam originar uma excelente qualidade de cor.

O valor do papel é classificado em gramas por metro quadrado (g ou gm2), pesando uma folha de papel de fotocópia standard 90g. O impacto de um catálogo de prestígio pode ser aumentado através da utilização de papel de 150 ou 200g. Em geral, cartões para trabalhos artísticos são mais espessos do que os mais leves, mas a densidade e o tipo de fibra terão um efeito sobre a espessura (miolo).

O papel brilhante pode por vezes parecer mais fino do que o papel sem cobertura com a mesma gramagem, pelo que pode ser necessário aumentar o valor ao escolher um acabamento brilhante. Se uma por exemplo uma brochura necessitar de ser enviada a gramagem do papel afectará o custo do envio. Também é necessário ter-se especial atenção com a tinta que é vista à transparência no verso da folha de alguns papéis muito leves.

Na parte II vamos dar uma olhada em como o orçamento pode ter um “papel” a dizer aquando da escolha do suporte ideal para o nosso trabalho e comos outros acabamentos especiais podem influenciar a nossa escolha também (encadernação, verniz, etc).

Clique para ler a segunda parte: A escolha do papel – parte II

Leave a Comment

Previous post:

Next post:

(additional scripts)